17 de ago de 2009

Quando o sertão vira mar


Ano passado meu compadre Jack me convidou para uma "remadinha" na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, perto de Assú, no sertão do Rio Grande do Norte.

Jack é uma figuraça finíssima, bucaneiro digital, pipense de carteirinha (ainda que de vez em quando diga que "dia destes vombora"), Editor do site ECA13, o espaço cultural virtual da Pipa, e dono da Igaruana.

Seu inspirado blog pessoal foi a fonte onde bebi para fazer este que vocês estão lendo, isso depois dele muito me encher o saco.

Jack queria fazer o reconhecimento de possíveis pontos para acampamento das expedições que faz em belas canoas canadenses. Éramos muitos os amigos a remar com ele, mas, como é comum acontecer nestas ocasiões, todos "querem" ir, mas na hora do embarque estamos sós. Assim, fomos só nos dois acompahados por dois ajudantes nativos. Muita calma.

Ao final dos seis dias acabamos remando 120km. por bastante da margem da Barragem, que tem uns 60km de comprimento e acumula as águas do Rio Piranhas, no meio de um sertão seco e agressivo quando saímos da água.

Foi duríssimo mas ao mesmo tempo delicioso. Como posso explicar esta contradição? Acordávamos bem cedo, às vezes às 4 da madrugada, levantar acampamento, café, remo, remo, remo, mergulho, descanso, remo, remo, remo... um cotidiano impagável, coisas que o dinheiro não compra, mesmo! Cada céu... e até uma lua cheia!

No final da expedição Jack, muito mais criativo do que este escriba, juntou minhas fotos e alguns vídeos que fiz com a câmera fotográfica, adicionou sua própria e sempre misteriosa trilha musical, e botou no (Ave!) You Tube. Aí está:



Quem quiser ler sobre a expedição em detalhes, deve ir neste link.


2 comentários:

  1. sempre que vejo imagens assim, com este marzão azul esverdeado,
    me lembro de Buzios,,,,do Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  2. Demais essa aventura.. só lamento por quem não foi..rsrs
    Não tem preço mesmo fazer uma viagem assim..
    Ficou perfeito o clip e a trilha sonora mandou muito bem tb..som universal esse blues..e combina com qualquer aventura..
    Abraços..

    ResponderExcluir